Overdose de dados e inteligência artificial

Nos dias atuais, muito se tem falado em Quarta Revolução Industrial, em tratamento de dados, inteligência artificial, overdose de dados e etc. Mas você realmente sabe o que são essas coisas?

Bem, a Quarta Revolução Industrial é uma nova forma de se utilizar a tecnologia em prol da produção, com investimento em maquinários mais sofisticados, equipados com novas tecnologias como a de inteligência artificial e IoT.

Conheça os Planos de Celular da TIM agora mesmo: MaisTim.com.br

Já a inteligência artificial, por si só, é uma tecnologia que por meio de algoritmos de aprendizado de máquina são capazes de cumprir tarefas de maneira automatizada, ou seja, é um cérebro artificial, capaz de realizar funções pré-programadas por conta própria.

Neste artigo você irá encontrar mais informações sobre o tratamento de dados e também sobre a inteligência artificial e overdose de dados. Então, para ter acesso a esse conteúdo, leia esta postagem até o final!

Tratamento de dados
Fonte: https://www.portaldosjornalistas.com.br/especial-empresa-cidada-inteligencia-artificial/

Saiba mais sobre a inteligência artificial

A inteligência artificial começou a ser pensada por volta dos anos 1940 e 1950, quando um grupo de cientistas de diferentes áreas, começaram a discutir a respeito da criação de um cérebro artificial.

Entretanto, somente nos dias atuais, é que ela está realmente se desenvolvendo e dominando o mercado da tecnologia, e vem ganhando cada vez mais espaço, nas mais distintas áreas.

Ela pode ser utilizada em diversos tipos de aplicações e funciona por meio dos algoritmos de aprendizado das máquinas (machine learning), e está em praticamente tudo hoje em dia, desde dispositivos móveis, até em telefonia digital e eletrodomésticos.

Um forte exemplo desse uso da inteligência artificial são os assistentes virtuais criados pelas grandes empresas do ramo, como Apple, Google e Amazon.

Por meio da inteligência artificial é possível automatizar diversos equipamentos presentes em nossas casas, centralizando todos eles para controle em um único dispositivo, como um tablet ou smartphone.

Um bom exemplo de equipamento que utiliza essa automatização e centralização doméstica, são os smartspeakers, auto-falantes sem fio capazes de se conectar a internet e realizar tarefas por meio de comando de voz respondido pelos assistentes virtuais.

Já nas indústrias, a inteligência artificial pode controlar máquinas de alta periculosidade para o ser humano, evitando acidentes de trabalho e tornando as tarefas mais ágeis.

 Leia também: https://apps.dtic.mil/dtic/tr/fulltext/u2/a371142.pdf

Overdose de dados – saiba o que é

Em tecnologia da informação, o termo overdose de dados (também conhecido como tratamento de dados) não se trata de algo ruim, como costumamos imaginar, ao contrário, é uma maneira de utilizar informações enviadas pelos usuários, normalmente para criar estratégias de conversão em vendas.

As pesquisas que as pessoas fazem por meio dos assistentes virtuais, geram uma grande quantidade de informações armazenadas em bancos de dados, utilizados por inúmeras empresas, que os pegam para descobrir novas maneiras de captar novos e potenciais clientes.

Você pode verificar essa informação por meio de suas pesquisas, por exemplo, se está acostumado a pedir certo tipo de comida em um dia da semana específico, provavelmente você irá receber ou já recebe anúncios de um ou mais restaurantes, com ofertas de pratos, combos, no dia em questão.

Isso acontece devido ao tratamento de dados e da inteligência artificial, que, por meio dos algoritmos, são capazes de personalizar e enviar anúncios baseados nas preferências de cada usuário. Esse em questão é conhecido como sistema de recomendação.

Então, não se trata de uma coincidência, mas sim de informações captadas e compartilhadas com as empresas, de modo a gerar anúncios satisfatórios, que propiciam mais probabilidade de serem convertidos em vendas.

Saiba mais sobre o tema: https://www.nature.com/nmeth/journal/v7/n7/abs/nmeth0710-495.html

Tratamento de dados
Fonte: https://www.itchannel.pt/news/seguranca/ciberameacas-em-2018-hackers-vao-recorrer-a-inteligencia-artificial

O trabalho humano pode ser substituído pelos equipamentos com inteligência artificial?

Existem muitas pessoas que acreditam que o trabalho humano já está sendo substituído pela tecnologia. No entanto, isso acontece apenas em poucas áreas, onde ele age como um facilitador.

No caso de empresas onde informações são transmitidas através de atendimento eletrônico, o assistente virtual pode ficar encarregado de informações mais simples, que não demandam muita pesquisa ou que têm baixa complexidade de resposta. As demais funções, precisam ser feitas por um profissional do atendimento.

Assim, em algumas áreas, pode sim haver substituição, porém para determinadas funções onde é fundamental ter o comportamento e a emoção humana, somente o próprio ser humano será capaz de realizar.

Isso significa que ambos poderão trabalhar em conjunto, usando a tecnologia para auxiliar e vir ao encontro das pessoas, e não para tomar seu posto.

Em um futuro não muito distante, isso irá acontecer. E os profissionais poderão se especializar neste ramo, contribuindo ainda mais para a evolução e o desenvolvimento destas e de outras tecnologias.

Leia também: https://ieeexplore.ieee.org/abstract/document/713391/

Neste artigo você pôde conhecer um pouco mais sobre o que é overdose de dados e inteligência artificial e saber outras informações a respeito do funcionamento destas duas ferramentas, e como elas podem ser usadas a favor das pessoas.

Ficou com alguma dúvida ou deseja expor sua opinião sobre o assunto? Então nos deixe um comentário. Será um prazer ouvir você e tirar a suas dúvidas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *